O Desejo de Servir

     Nas primeiras décadas de vida, o Hospital Pompéia teve como enfermeiras, além das Irmãs de São José, pessoas da comunidade que possuíam alguma habilidade no tratamento de pacientes, sendo a totalidade sem qualquer curso técnico, pela falta de escolas na região, contando apenas com a experiência, abnegação e a crença na dignidade do trabalho.

 

     A lacuna na formação técnico-teórica, no entanto, desenvolveu um sentido único na atividade, onde o aspecto humano passou a ser o diferencial no atendimento aos enfermos. Sem o advento do relógio ponto, a rotina iniciava-se às cinco e meia da manha e terminava após as dez da noite, após a limpeza dos quartos e roupa de cama e banho, excetuando-se os atendimentos noturnos que sempre faziam-se necessários. Como havia apenas 1 elevador, antes da inauguração da nova ala de 9 andares em 1970, a refeição era levada manualmente a cada paciente através das escadas dos 4 andares do bloco central. Ao longo dos anos, a profissionalização da enfermagem levou o Pompéia a torna-se referencia no setor, sem deixar de lado o espírito que guiou seu história. Nas entrevistas para a contratação de novos funcionários, era, e é, norma a ênfase à responsabilidade e o carinho para com os pacientes.

 

      Para os integrantes da enfermagem, a pergunta: Por que você trabalha no Pompéia? Seguirá uma resposta simples, cujo significado transcende qualquer explicação: “Por que aqui me sinto em casa, é como se eu me sentisse parte de uma família”.

 

Você Sabia?

 

     Até a demolição do primeiro prédio do Hospital Pompéia, o espaço era espontaneamente utilizado pelos funcionários para atividades como dança, teatro, canto, entre outras.

 

      No início, o Pompéia era administrado por mulheres e admitia somente funcionárias do sexo feminino. Para ser admitida como funcionária, também era requisito morar nas dependências do hospital. Esta prática durou até o ano de 1969, quando o hospital abrigava mais de cem funcionárias.

Imagens

O Desejo de Servir - corredor do Centro de Diagnóstico; corredor da portaria central; corredor da UT

Áudios

Vídeos

Documentos