O Desejo de Servir 2

      O Hospital Pompéia, em toda a sua história, passou por três fases distintas na sua administração. Nas primeiras décadas, toda a responsabilidade administrativa estava nas mãos das Irmãs de São José. Elas zelavam por tudo no hospital, desde legislação, pagamento, descontos, decisões, acolhimento, entre outras.

 

      Com o passar dos anos, a instituição cresceu e o cenário mudou. Foi criada a legislação trabalhista e houve o despertar da consciência do direito legítimo de atendimento na saúde. As Irmãs decidiram que não conseguiriam manter o mesmo padrão de gestão, passando a administração para outro grupo com maior estrutura e concentrando-se na área de enfermagem.

 

      A segunda fase administrativa foi marcada por melhoramentos em algumas áreas do Hospital. A administração estava a cargo de leigos que buscavam o melhor para a instituição.

 

      A terceira e última fase conta com o ingresso da Sociedade Beneficente São Camilo, instituição especializada em administração hospitalar. Esta fase representou um salto de qualidade ao Pompéia, onde todas as áreas foram profissionalizadas, e que marcou o início de um processo de reestruturação profunda. Em 1995, Francisco Soares Ferrer passa a liderar a administração, reaproximando a instituição com a comunidade e todos os funcionários, força motriz do Hospital, através de programas direcionados e de uma gestão compartilhada, tornando o Pompéia referência em inúmeras áreas médicas, tecnologia e qualidade de atendimento.

 

Você Sabia?

 

      O Hospital Pompéia possui um Departamento Cultural – DEC – desde 1991, cujas atribuições atendem ao desenvolvimento intelectual e humano de seus funcionários, além de apoiar atividades sociais.