Notícias

16/04/2019

Serviços do Hospital Pompéia acreditados como excelentes

O Hospital Pompéia foi acreditado com excelência na qualidade de serviços de saúde oferecidos. Este é o mais alto nível concedido pela Organização Nacional de Acreditação (ONA). O processo foi conduzido pelo IQG, maior instituição de acreditadora do país. O processo de acreditação assegura que o cuidado com o paciente é uma prioridade da instituição de saúde. O Pompéia é agora um dos 6 hospitais de nível 3 no Rio Grande do Sul.

 

O resultado mostra a evolução do Hospital em sua qualidade de gestão, já que é a primeira vez, desde 2006, que o Pompéia conquista a certificação com excelência. Para alcançar a meta foram implantadas diversas medidas que eliminam burocracias, diminuem desperdícios e aumentam a segurança dos pacientes e a produtividade do corpo médico. Afinal, uma instituição acreditada deve atender a um rigoroso conjunto de normas e legislações do setor de saúde (leia mais abaixo).

 

O Pompéia é o hospital de referência na Serra Gaúcha, reconhecido pelo Ministério da Saúde como estratégico para a região. Isto é fruto dos frequentes investimentos em equipamentos, reformas e cursos para complementar a formação dos colaboradores.

 

Com capacidade para atender 1,2 milhão de pessoas, o Pompéia cuida de toda Serra Gaúcha. São 1500 colaboradores, atendimento para todas especialidades, referência para atendimento a urgência e emergência. Isso sem contar os 300 leitos disponíveis, 13 salas cirúrgicas, três UTI’s para adultos e uma neonatal.

 

Além disso, o Pompéia mantém três centros de saúde especializados para o atendimento de doenças crônicas: Instituto de Nefrologia (INNEFRO), Instituto do Câncer (INCAN) e o Instituto de Cardiologia (INCARDIO). Conta ainda com o Instituto de Diagnósticos do Hospital Pompéia (INDIP), um centro próprio composto por equipamentos de alta tecnologia.

 

O evento

 

No dia 15 de abril, o hospital Pompéia faz o anúncio oficial da conquista. O Golden Day, como foi chamado o evento, aconteceu no teatro da FSG, reunindo em torno de 500 pessoas. Foi uma manhã de agradecimento e apresentação da estrutura que tornou o Pompéia referência.

 

Também foi apresentada a nova pintura do Hospital, que contou com a ajuda de Luiz Felipe Scolari. Por meio do técnico, a Suvinil realizou a doação de 4.770 litros de tinta, com os quais será possível revitalizar os 12.500m2 do Hospital Pompéia. Felipão faz parte dos Amigos do Pompéia, inciativa que promove melhorias na infraestrutura e nos serviços prestados pela instituição.

 

A metodologia ONA

 

A Organização Nacional de Acreditação é uma entidade não governamental e sem fins lucrativos que certifica a qualidade de serviços de saúde no Brasil, com foco na segurança do paciente.

 

A metodologia é reconhecida pela ISQua (International Society for Quality in Health Care), associação parceira da OMS, que conta com representantes de instituições acadêmicas e organizações de saúde de mais de 100 países.

 

O objetivo da ação é promover um processo constante de avaliação e aprimoramento nos serviços de saúde e, dessa forma, melhorar a qualidade da assistência no País.

 

A acreditação possui três níveis possíveis, que dependem do grau de maturidade de cultura de segurança do paciente em que se encontram. São eles:

 

  • Nível 1 (Acreditado): a instituição deve atender aos critérios de segurança do paciente em todas as áreas de atividade, incluindo aspectos estruturais e assistenciais. O certificado é válido por 2 anos.
     
  • Nível 2 (Acreditado Pleno): além dos critérios de segurança, deve-se apresentar gestão integrada, com processos ocorrendo de maneira fluida e plena comunicação entre as atividades. O certificado é válido por 2 anos.
     
  • Nível 3 (Acreditado com Excelência): o princípio deste nível é a “excelência em gestão”. Uma instituição com excelência precisa atender aos níveis 1 e 2, além de demonstrar uma cultura organizacional de melhoria contínua com maturidade institucional. O certificado é válido por 3 anos.

 

Compartilhe