Notícias

07/12/2016

INCAN do HP mobiliza solidariedade e busca apoio para ampliação de sua infraestrutura

   Referência na Serra Gaúcha em atendimento a pacientes SUS e convênios, o INCAN - Instituto do Câncer do Hospital Pompéia quer ampliar sua infraestrutura física de atendimento. Para tanto, quer mobilizar novamente o espírito solidário da comunidade e pedir apoio para a arrecadação dos recursos necessários para a ampliação.

 

   A campanha de arrecadação será lançada na noite desta quarta-feira, 7 de dezembro. O lançamento irá reunir apoiadores da campanha, entidades da sociedade civil, empresas fornecedoras do hospital e imprensa. O objetivo da instituição é oportunizar um momento para apresentar a estrutura do INCAN, os serviços prestados, as ações de humanização e as histórias de vida de pacientes, além do detalhamento das obras de ampliação da recepção, das ações da campanha e das formas de contribuição.

 

 

O INCAN

 

   O INCAN tem o objetivo de ofertar um atendimento de excelência, proporcionando uma melhora significativa na qualidade de vida dos pacientes. Para isso, conta com uma infraestrutura completa para atender pacientes com câncer.

 

   As instalações oferecem elevador de acesso exclusivo, sala de espera, consultórios, sala de aplicação de quimioterápicos de curta duração com 12 poltronas, dois leitos para aplicações de longa duração, posto de enfermagem e área de preparação de quimioterápicos. A disponibilidade de todos os recursos em um mesmo espaço do hospital garante conforto e comodidade aos pacientes que buscam o serviço.

 

   Além das instalações próprias, o INCAN tem a retaguarda de toda a estrutura física e de pessoal do Hospital Pompéia, com unidades de terapia intensiva e um completo Instituto de Diagnósticos (INDIP) que disponibiliza, entre outros, o PET/CT, o mais moderno aparelho para diagnóstico por imagem da medicina atual. O PET permite a detecção de tumores no estágio mais inicial e na oncologia é aplicado também no estadiamento, prognóstico de quimioterapia, controle de terapia, recorrência e planejamento de radioterapia.

 

   Em paralelo ao atendimento de excelência, o INCAN tem a prevenção da doença como um objetivo presente em seu cotidiano. O trabalho de prevenção acontece por meio de ações sistemáticas de informação e orientação para a comunidade, como o Outubro Rosa e o Novembro Azul, realizados anualmente, e o projeto A vida sem o fumo, que aconteceu ao longo de 2016, com o objetivo de sensibilizar as pessoas sobre os danos que o tabagismo causa à saúde a curto e longos prazos.

 

 

Números do INCAN

 

- 1,5 mil consultas por mês;

- 80 pacientes iniciam tratamento por mês;

- 400 consultas multidisciplinares;

- 850 pacientes em tratamento por mês;

- 1 mil sessões de quimioterapia por mês;

- 70 pacientes internados por mês para tratamento quimioterápico;

- 300 sessões de quimioterapia para internados;

- 17 médicos especialistas

 

Equipe multidisciplinar: psicóloga, fonoaudióloga, fisioterapeuta, nutricionista, assistente social e terapeuta ocupacional; enfermeiras, técnicos em enfermagem, auxiliar de posto, recepcionistas, auxiliar administrativo, higienizadora e coordenador.

 

 

A ampliação

 

As obras para a ampliação do Instituto do Câncer (INCAN) estão divididas em duas etapas:

 

1ª etapa: ampliação da recepção

Instalação de 51 novos lugares e de um novo sanitário para pacientes. A área total a ser ampliada é de 50m2.

Custo estimado: R$ 100 mil

 

2ª etapa: ampliação de consultórios

Instalação de dois novos consultórios com sanitários. A área total a ser ampliada é de 30m2.

Custo estimado: R$ 60 mil

 

Prazo de execução das duas etapas: 60 dias

 

 

Campanha de arrecadação de recursos

 

A campanha de arrecadação de recursos para a execução das obras de ampliação já começou. Os interessados em aderir devem acessar o site www.pompeia.org.br. A doação poderá ser feita por meio do sistema PayPal ou boleto bancário em qualquer valor.

Além do site, entre os dias 20 de dezembro de 2016 e 20 de janeiro de 2017, foi criado um telefone 0500 para as doações:

 

- 0500 220 8010, para doar R$ 10;

- 0500 220 8020, para doar R$ 20;

- 0500 220 8050, para doar R$ 50.

 

   Mesmo depois do dia 20 de janeiro, após a desativação dos telefones 0500, o hospital continuará recebendo doações dos interessados em contribuir, a qualquer tempo.

 

   Apesar de recém-lançada, a campanha já ganhou a adesão de personalidades artísticas brasileiras. Os cantores Fábio Jr., Sandy e Chitãozinho & Xororó gravaram vídeos para incentivar a participação das pessoas. O material foi gravado nas últimas apresentações deles em Caxias do Sul.

 

 

 

 

Instituto do Câncer do Hospital Pompéia

Um lugar de vida

 

Créditos para Júlio Soares/Foto Objetiva.

Compartilhe

Imagens

Áudios

Vídeos

Documentos