Notícias

14/05/2019

Hospital Pompéia alerta sobre doenças inflamatórias intestinais

A iniciativa do maio roxo, que conscientiza sobre as doenças inflamatórias intestinais, terá duas ações no Hospital Pompéia. A primeira delas será com uma palestra, no dia 17 de maio, sobre as duas principais doenças deste tipo: a doença de Crohn e retocolite ulcerativa. O evento será ministrado pelo dr. Eduardo Brambilla, coordenador da ABC D RS (Associação Brasileira de Colite Ulcerativa e Doença de Crohn), direcionado ao corpo médico e enfermagem, mas aberto ao público interessado.

 

No mesmo dia, haverá atendimento na praça em frente ao Hospital Pompéia. Na ocasião, será medida a pressão dos passantes, além de divulgação de material informativo sobre as doenças.

 

A doença de Crohn e retocolite ulcerativa

 

Ambas doenças atingem, principalmente, pessoas jovens, entre 15 e 30 anos, embora possam ocorrer em qualquer idade. São inflamações intestinais que o corpo não consegue resolver sozinho. Logo, são inflamações crônicas, que, se não tratadas, podem levar a óbito.

 

Os principais sintomas da doença de Crohn e da retocolite ulcerativa são dores abdominais, diarreia e sangramento nas fezes. Não se tem certeza das causas. As doenças podem ser genéticas ou desencadeadas por outras doenças do intestino. Além disso, o excesso de comida industrializada e o cigarro, por exemplo, potencializam o risco.

 

A doença era mais comum nos países desenvolvidos, mas o aumento da incidência em países subdesenvolvidos, como o Brasil, tem feito surgir mais pesquisas na área, bem como o alerta a população. Os níveis de incidência são incerto, porém, um estudo recente publicado na The Lancet coloca o Brasil ao lado da Rússia e países do Leste Europeu, por exemplo.

 

O tratamento pode se dar tanto com medicação inflamatória específica, aplicação de imunossupressores, terapia biológica ou, em casos mais sérios, intervenção cirúrgica.

 

 

Serviço

O quê:

Palestra e ação social para conscientização sobre as doenças inflamatórias intestinais

Quando:

17 de maio

Palestra: das 09h às 10h

Ação social: das 09h às 16h

Onde:

Palestra: No auditório do 9º andar do Hospital Pompéia

Ação Social: Na praça em frente ao Hospital Pompéia

 

Compartilhe